Seguidores

quarta-feira, janeiro 17, 2007

Aviso Não Oficial - Vaga de frio Polar está para chegar! - Previsão a 10 dias até 26 Janeiro




Um grande bem haja, a todos os interessados!


Como já tinha referido na previsão da semana passada, um possível corte momentâneo do Jet Stream poderia levar a uma incursão de N de um núcleo depressionário, por isso, estou nas nuvens, já que a probabilidade de ocorrer queda de neve em grande parte do território nacional é a maior desde Janeiro de 1987 no Porto (a última vez que nevou no Porto e ao nível do mar). e em Lisboa desde o último grande evento de 29 Janeiro 2006.


Pois é, leram bem, a probabilidade está a uma fasquia de 50/60 por cento, com uma quota de neve a partir dos 200m a Norte mas, já sabem nesta situações com ajuda de alguma convecção poderá ajudar as descer as temperaturas 2 ou 3ºC, isto no meu ponto de vista e, obviamente de uma análise sinóptica!
Sou da opinião que exite muito potencial para ocorrer queda de neve a cotas baixas, sendo que o melhor poderá ser entre as 14h 2ªfeira até à manhã de 4ª e, com uma cota a rondar os 200m para acumulação e 300/400 para queda, isto a Norte do Mondego. Contudo, é pena que a precipitação não seja abundante e limitada a faixa Litoral Oeste e extremo Norte do território, mas a ver vamos se se altera até lá a rota da precipitação a partir de 23 Janeiro.
Esta situação deve-se ao deslocamento de uma frente Fria de N, que com ajuda da posição do anticiclone dos Açores na vertical, facilitará a sua incursão com um mergulho para S, afectando a península com vento moderado, ar frio e húmido, tendo como consequência além do acima referido, uma sensação térmica de frio ( Wind Chill) muito desagradável.



Figura nº 1- Quadro do factor Wind Chill


Espanha irá também ser afectada severamente, sobretudo a metade Norte, além disso quer os Pirinéus, quer os Alpes irão ver finalmente satisfeitos os seus pedidos de neve para as suas regiões, que estão a suportar uma enorme crise no sector.

Assim teremos:


Dia 18 – 5ª Feira

Céu muito nublado a norte do sistema Montejunto – Estrela e a possibilidade de aguaceiros, sendo que no restante território não ocorra precipitação, apenas nebulosidade.
Temp. Mín. Temp. Máx. (Território N ->S) Vento
5 a 10ºC 12 a 15ºC
Vento Fraco de NW

Dia 19 – 6ª Feira

Céu temporariamente muito nublado, em especial a NW e W do território, no entanto, com boas abertas a partir da madrugada não se prevendo precipitação.
Temp. Mín. Temp. Máx. (Território N ->S) Vento
6 a 10ºC 11 a 14ºC
Vento Moderado de NW

Dia 20 - Sábado

Céu pouco nublado ou limpo em todo o território, sendo que nas regiões do centro e sul será durante todo o dia. Contudo, a nebulosidade começará afectar as regiões a Norte do Mondego a partir da tarde, onde existe a possibilidade de chuvisco para o fim da tarde início da noite.
Temp. Mín. Temp. Máx. (Território N ->S) Vento
3 a 6ºC 9 a 13ºC
Vento Fraco de NNW

Dia 21 - Domingo

Céu muito nublado, em especial a NW e W do território, no entanto, com boas abertas a partir da madrugada não se prevendo precipitação, apenas uma diminuição da temperatura.
Temp. Mín. Temp. Máx. (Território N ->S) Vento
2 a 6ºC 6 a 12ºC
Vento Fraco de NNW

Dia 22 – 2ª Feira

Céu muito nublado em todo o território, com a possibilidades de ocorrência de períodos de chuva ou aguaceiros,mais prováveis para as regiões a Norte do Tejo e Litoral W e, que serão de neve nas terras altas acima dos 800m, com uma diminuição acentuada das temperaturas ao longo do dia (com formação gelo nas estradas para as terras altas).
Temp. Mín. Temp. Máx. (Território N ->S) Vento
-2 a 6ºC 4 a 10ºC
Moderado a de N

Dia 23 – 3ª Feira

Céu muito nublado nas regiões do centro e sul, contudo, os aguaceiros só serão mais prováveis para as regiões Norte e Litoral W e, que serão de neve nas terras altas acima dos 400/500m, com uma diminuição acentuada das temperaturas ao longo do dia (com formação gelo nas estradas para as terras altas).
Temp. Mín. Temp. Máx. (Território N ->S) Vento
-4 a 4ºC 1 a 10ºC
Vento Moderado de NNE

Dia 24 – 4ª Feira

Céu muito nublado nas regiões do centro e sul, contudo, existe a possibilidade de aguaceiros, que serão mais prováveis para as regiões Norte e Litoral W e, que serão de neve nas terras altas acima dos 200m. Possibilidade da diminuição acentuada das temperaturas ao longo do dia (com formação gelo nas estradas para as terras altas).
Temp. Mín. Temp. Máx. (Território N ->S) Vento
- 5 a 2ºC 0 a 9ºC
Vento Moderado de NNE

Dia 25 – 5ª Feira

Céu pouco nublado, ou limpo em todo o território com a possibilidade de formação Nevoeiros Matinais e, geadas (com formação gelo nas estradas para as terras altas) e um acentuado arrefecimento nocturno.
Temp. Mín. Temp. Máx. (Território N ->S) Vento
-3 a 4ºC 3 a 11ºC
Vento Moderado de Leste

Dia 26 – 6ª feira

Períodos de chuva e/ou aguaceiros por vezes localmente fortes com possibilidade de trovoadas a partir do fim da manhã no Norte, progredindo de N para S para as restantes regiões ao longo do dia.
Temp. Mín. Temp. Máx. (Território N ->S) Vento
-1 a 7ºC 5 a 14ºC
Vento Forte de SW


Ensembles:
Porto
http://85.214.49.20/wz/pics/MT8_Porto_ens.png
Lisboa
http://85.214.49.20/wz/pics/MT8_Lissabon_ens.png

Melhores cumprimentos,
Mário Marques

2 comentários:

O meteorologista disse...

Em meteorologia é muito arriscado fazer previsões para tão largo prazo.Vendo as novas actualizações do Europeu e do GFS a tua previsão já éstá um pouco destualizada.Creio que não haverá nem frio,nem condições de instabilidade suficientes.Contudo,um abraço e cá ficámos à espera da Neve,se não for para a semana,que seja para Fevereiro.(meteo3.blogspot.com)

Mário Marques disse...

Eu sei que é arriscado, mas não o faço de animo leve, e já la vão 5 anos a efectuar previsões a longo prazo!
Contudo o frio veio e alguma instabilidade, eu não sigo só modelos numéricos.
Uma abraço e obrigado pelo comentário!